Buscar
  • Sara Vilabril

Passos essenciais para criares o teu negócio em 2021

Atualizado: Jan 6

Cada vez mais uma forma de nos sentirmos alinhados e plenos na nossa vida profissional é através da Criação do nosso Próprio Emprego.


No meu caso, depois de passar por algumas experiências a trabalhar por conta de outrem e perceber o desafio em encontrar uma empresa com os valores alinhados com os meus, eu decidi criar a minha própria atividade que me permite colocar as minhas qualidades ao serviço dos meus clientes e de acordo com o que eu verdadeiramente acredito. Eu acredito profundamente que esta decisão foi fundamental não só para a minha realização pessoal como também para a minha contribuição na sociedade.



Percebo que muitos dos meus clientes tem esta ambição de criar o seu próprio negócio. Acredito que esta pode ser uma possibilidade para qualquer pessoa, então gostava de partilhar contigo alguns passos para te iniciares como empreendedor:


É fundamental trabalhar a clareza sobre o que gostas ou não de fazer. Uma das formas de ampliar as clareza é analisar as minhas experiências anteriores nos trabalhos pelos quais passei.

Por exemplo, uma das coisas que estava desalinhada com as minhas necessidades era a falta de contacto com a natureza, nas várias experiências profissionais que tive, regra geral as empresas ou organizações requerem trabalho numa sala fechada com ar-condicionado – o que promovia desafios respiratórios e falta de ar natural. Por outro lado, e falando do que me entusiasmava, aliás algo que eu percebi que era terapêutico para mim, especialmente na minha função como gestora de cliente num banco, era os telefonemas de acompanhamento que eu fazia aos clientes telefonicamente. Recordo-me especialmente de um dia que tinha ocorrido algo que abalou profundamente a minha estrutura a nível pessoal, passei o dia muito angustiada, e incrivelmente no final do dia quando decidia fazer os contactos com os clientes eu percebi como a minha angustia se diluía à medida que eu ia fazendo os telefonemas. Esta informação é preciosa para integrar no meu trabalho como empreendedora. Eu hoje trabalho sem ar condicionado, CLARO :), e tenho caminhadas na natureza agendadas para que possa sentir-me em equilíbrio. A escolha de trabalhar diretamente a ajudar pessoas também não foi em vão pois é algo terapêutico para mim, que me eleva os níveis de energia e me apaixona.


Então:

  • Quais as coisas que sentes que estavam em maior desalinhamento contigo nas experiências profissionais pelas quais passaste?

  • Quais as tarefas que sentes que te entusiasmavam, que te deixavam feliz nas experiências profissionais pelas quais passaste?


Identifica as necessidades que existem no mundo e que gostavas de satisfazer. Podes criar um produto ou um serviço fantástico, porém se ninguém sentir a necessidade/ desejo de o consumir ele está condenado ao fracasso. Então é fundamental perceber que problemas, necessidades ou desejos existem no mundo para criares algo que possa satisfazer essa necessidade ou solucionar esse problema.

No meu caso eu percebi, que se no início da minha carreira, eu tivesse uma treinadora mental, uma coach, que me permitisse ganhar maior clareza sobre a minha vida profissional, eu tinha atingido o meu sentido de realização e preenchimento profissional mais cedo. Então eu decidi responder à necessidade das pessoas, que tal como eu se sentem estagnadas profissionalmente, através de um serviço de treino mental que amplia a clareza e trabalha a construção uma carreira profissional alinha com a sua essência, promovendo a colocação na prática daquilo que já sabem e libertado crenças limitantes sem com isso descurar outras áreas da sua vida.


  • Que necessidades/ problemas identificas no mercado?

  • Escolhe aquela que te permite integrar tarefas/coisas que apreciavas nas tuas experiências profissionais anteriores. Escolhe aquela que mais te entusiasma.


Para conseguirmos desenvolver bem uma atividade é necessário colocarmos as nossas habilidades e conhecimentos em prática e desenvolver habilidades e conhecimentos novos que nos vão permitir tornar-nos mestres no que fazemos, à medida que colocamos em prática os recursos e conhecimentos que já existem em nós. Então desafio-te a identificares as habilidades e conhecimentos que já tens que te apoiam no desenvolvimento da atividade bem como as habilidades e conhecimentos que acreditas que é essencial desenvolver para te tornares mestre nessa atividade:

  • Habilidades que já tens

  • Conhecimento que já tens

  • Habilidades que queres desenvolver

  • Conhecimento que queres desenvolver


Por exemplo, no meu caso quando escolhi esta atividade eu percebi que eu tinha determinadas habilidades (menciono algumas):

-Persistência: não desistir com facilidade no primeiro obstáculo.

-Melhoria continua: que me permite entregar cada vez melhor trabalho aos meus clientes.

-Gestão financeira: que me permite gerir o meu negócio e apoiar os meus clientes a gerirem os seus negócios e finanças pessoais.

-Curiosidade sobre como posso fazer melhor, ou como posso fazer diferente, necessidade de procurar informação relevante para o meu negócio.


Determinados conhecimentos (menciono alguns):

-Gestão

-Economia

-Marketing

-Economia Social


Eu acreditava que era fundamental desenvolver habilidades como (menciono algumas):

-Saber falar em público que me permitam influenciar de forma positiva pessoas que se sintam estagnadas profissionalmente;

-Gestão de conversas expansivas que permitam apoiar os meus clientes a chegar cada vez mais longe no seu mindset e mapa mental;

-Criatividade que me permita ganhar capacidade de improviso;


Eu acreditava que era fundamental desenvolver conhecimentos como (menciono algumas):

-Ferramentas de auto-conhecimento;

-Programação Neuro-linguística;

-Características da personalidade.


Então o meu plano passou a considerar que eu ia colocar em prática as minhas melhores capacidades e conhecimentos ao serviço da necessidade que eu escolhi, e desenvolver e trabalhar as habilidades e conhecimentos que eu decidi adquirir. Nesse sentido certifiquei-me como coach e eneagrama e implementei formas de trabalhar novas habilidades como por exemplo fazer vídeos, desenvolver artigos de blog, fazer lives nas redes sociais….







Neste artigo eu partilhei contigo passos fundamentais para criares o teu próprio negócio. Partilhei contigo técnicas que eu utilizei na criação do meu próprio negócio. Uma dica fundamental para ganhar clareza e ferramentas para o desenvolvimento de uma atividade em alinhamento é pedir apoio a um profissional especializado que já passou por todo o processo. Se sentes que é altura de iniciares de forma séria e estruturada o teu caminho.


Agenda uma sessão de planeamento gratuita comigo AQUI



Artigos relacionados:


5 critérios para tomar boas decisões profissionais em 2021


3 palavras que deves eliminar em 2021


Objetivos 2021


3 coisas que te podem estar a tirar tempo


3 coisas que podem estar a impedir a tua autoconfiança


3 hábitos de pessoas bem sucedidas


4 estratégias para iniciares a tua mudança profissional


O que nunca de disseram sobre objetivos


3 coisas que não deves fazer que te retira tempo e energia


3 motivos pelos quais deves manter o teu local de trabalho organizado


4 coisas que te podem estar a impedir de seres eficiente enquanto trabalhador por conta própria

86 visualizações0 comentário